domingo, 21 de junho de 2015

A FLOR


A flor sobre o plano branco,
a palavra no meio doutras palavras brancas
sem cor e sem chama

ou o fruto maduro entre a folhagem
verde
novo de sabores ignorados

e aquelas mãos
o teu corpo de mulher entre as mulheres
o pano brando onde aprendo
a cor melhor das flores

e sabores.

20 comentários:

cris braghetto disse...

Há coisas que se destacam!
Tudo depende do nosso olhar e dos nossos sentimentos.
Lindo poema.
Abraços, grande poeta.

✿ chica disse...

Inspiração florida e linda,Vieira! abração,chica

Teresa Silva disse...

Bonito texto! Uma bela inspiração!

Bjxxx

lino disse...

Belo poema!
Um abraço aqui de Sófia, onde ainda há um leve cheiro a arroto de bolo-rei.

Julio Augusto disse...

Bonito texto,gostei muito.
Um abraço.

Vera Lúcia disse...


Lindamente inspirado.
É sempre um prazer ler suas poesias, caro poeta.

Feliz semana.

Abraço.

Elisabete disse...

Até consigo cheirar as flores e os frutos.
Bjs

Anete disse...

As flores sempre inspiram e trazem poemas, poesias e reflexões...
Muita paz! Abç

O Sibarita disse...

Pois é Vieira!

Sem elas, as mulheres, nada feito, elas sabem de tudo, das flores, dos aromas e dos amores né não? kkkkk

Muito porreta! Ah viva o São João!

O Sibarita

Arte & Emoções disse...

Lindo amigo! Pequeno na estrutura, porém gigante na profundidade.

Abtaços,

Furtado.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Puxa...
somente hoje me dei conta
de quanto tempo eu não vinha te ler...
Saudades.
Bjins poeta....
CatiahoAlc,

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Um abraço

Luma Rosa disse...

Oi, Vieira!
Quem nunca desejou não saber por saber o que não lhe fez bem? Se pudéssemos limpar a nossa mente e deixá-la alva como uma folha... Uma folha a espera de ser preenchida, saberes a serem aprendidos, uma vida em seu estado de inocência...
Bom fim de semana!
Beijus,

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Vieira,
repassando para
dessa vez
desejar um feliz domingo.
Bjins
CatiahoAlc.

Lindalva disse...

Olá meu querido poeta, como sempre um deleite vir em tua página e hoje venho aqui para te convidar a participar da 10ª Edição do Pena de Ouro seja de qual forma for, com uma poesia ou votando quando a brincadeira começar, o que importa é sentir teu perfume invadindo o Ostra da Poesia. Este é um convite spam, mas saibas que o desejo de te vê no Ostra é verdadeiro. Beijos no coração. http://ilha-da-lindalva.blogspot.com.br ****** http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br

A Casa Madeira disse...

Lindo poema; tudo depende de como estamos inspirados
para ler e sentir.
As flores sempre nos inspiram.
Bom domingo.
Janicce.

Maria Rodrigues disse...

A leveza do branco e a intensidade dos sentimentos.
Belíssimo poema
Beijinhos
Maria

Bandys disse...

Intenso e belo.
Adorei.
Boa semana

tulipa disse...

Começo por agradecer a visita e o comentário que deixou no post anterior do meu blog "Momentos Perfeitos"

Muito belo o seu poema!
Lindo demais.
Parabéns POETA!
A PUREZA do branco e a intensidade dos sentimentos.

Tenho novo post, sobre uns dias em Monte Gordo!
Não posso ir para o Alentejo nem para o Algarve, muito menos para o interior do País no Verão, morro de calor. Passo mesmo muito mal com altas temperaturas...

Fiz essa experiência em anos anteriores e dei-me mal
fico por casa...até Setembro, quando as temperaturas começam a baixar!

Sábado saí de Monte Gordo com 40º meti-me no IC 1 e fiz toda a viagem sempre entre 42º e 44º que atingi na Mimosa (Alentejo)....
Meu Deus, nem o ar condicionado fazia algum fresco, foi mesmo horrível.

O meu objetivo em todos os meus blogues é sugerir pistas de descoberta de novos lugares a visitar, a partir do que a mim própria mais interessou...

Se quiser pode dar uma espreitadela a:
http://pensamentosimagens.blogspot.pt/
http://momentos-perfeitos.blogspot.pt/

Boa semana.
Beijinho meu

Majo disse...

~~~
~~ «Vivendo e aprendendo,»

~~ Intensamente, melhor! ~~

~~ Belo poema,
de cores e imagens estivais.

~ ~ ~ Beijinho, Poeta. ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~