sexta-feira, 29 de agosto de 2014

FINAL DO 1º CANTO


A parte final do 1 º Canto, de "Circunciclo".
O livro é um só poema que se estende por quase 600 versos.
(começar a ler na penúltima postagem anterior)

(...)
este é o homem que somos

um incêndio
desde a noite mágica dos sonhos

e como os deuses do barro caminhamos
por sobre o barro feito luz

o sonho dos deuses do barro que fomos
refeito em luz
no quotidiano ciclo dos fascínios
o fascínio de ir refazendo o quotidiano

Enviar um comentário