quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O POEMA - CIRCUNCICLO



"Circunciclo" é o título do livro recentemente dado à estampa, 
no Rio de Janeiro.
É um só poema que se estende por todo o livro.

Eis as primeiras estrofes:


Por toda a terra
por sobre todas as suas alucinações
e escombros

pelo delírio
que é a engrenagem fugidia do ar
e suas cores de incenso e fogo

pela vida e pela morte dos símbolos
e da roda simétrica de fortunas e ocasos

...a roda que rola na roleta
...o rolar lilás dum sonho

pela voraz decrepitude das formas
e suas deambulações sobre as águas
trazendo uma lágrima aos nossos olhos
e o esmorecimento ao fogo e ao incenso

na casualidade dum átomo
que oscilou
entre a matéria e o frágil magistério
das essências que povoam os ares 

(...)
Enviar um comentário