quinta-feira, 23 de abril de 2015

POEMA EM ABRIL


 
Pela manhã
a luz recobre a cinza
dos meus olhos.

Regressa a cor
do dia pleno.

É abril
no chão
do velho sonho.

em "POEMETOS I" (esgotado)

13 comentários:

CÉU disse...

Olá, Vieira calado!

Como tem passado?
Agradeço vídeo enviado, ontem.

Qto ao seu poema, é bom de ver, que foi um poeta algarvio que o escreveu.

Parabéns!

helia disse...

Bonito Poema neste mês de Abril !

Bandys disse...

Simples intenso e bonito.

Elisabete disse...

Um poema bem atual!
Bom fim de semana

Ailime disse...

Boa noite Genial Poeta!
Abril jamais morrerá, enquanto houver poetas que o cantem desta forma tão bela.
Beijinhos,
Ailime

Jaime A. disse...

Sim, é Abril e que muitos Abris venham mais para que as suas palavras se continuem a soltar assim.

cris braghetto disse...

Lindo poema!
Parabéns grande poeta!
Grande abraço.

Andrea Liette disse...

Oi Vieira,
Gosto muito dos poemetos, quando o poeta pode valorizar a sua capacidade de síntese.
Um abraço.

Bípede Implume disse...

Caro Poeta
E eu depois de poema tão belo só posso dizer: Assim seja!
Grande abraço.

vih disse...

Muito lindo seu poema, muito linda também a inspiração para ele (:
Beijos rimados pra você :*

Cadinho RoCo disse...

E de pensar que o abril já cede lugar para a chegada do maior.
Cadinho RoCo

Maria Rodrigues disse...

Tão longe estão os sonhos desse Abril.
Belo poema.
Beijinhos
Maria

© Piedade Araújo Sol disse...

a lembrar Abril!
Sempre!
bom final de semana.
beijo
:)