sexta-feira, 13 de março de 2015

Os Rumores do Vento


Um dia tenho que começar a organizar-me
eu que nunca organizei coisa nenhuma
.
porque nada me carece ser organizado
e nenhuma coisa me pediu para ser organizada
.
a não ser a teia de entender o que nada sabemos
para o modo e o método de simplesmente ignorar.
.
Mas o tempo urge por debaixo dos pés onde há
um silêncio virtual preso aos rumores do vento.
.
Tenho primeiro de organizar os rumores do vento.

Em “As Noites e os Dias”, ed. Litoral
Enviar um comentário